A população da cidade de Quatipuru, na região do Salgado Paraense, ganhou uma unidade escolar novinha nesta quinta-feira (07). A estrutura da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio João Paulo I, que tem quase 4 mil metros quadrados, foi entregue esta manhã pelo Governador do Pará, Helder Barbalho. Essa é a 77° Escola entregue pela atual gestão desde 2019.  

O local vai beneficiar diretamente cerca de 750 alunos do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), Ensino Médio Regular (1ª a 3ª série), Educação de Jovens e Adultos (EJA) Fundamental e Atendimento Educacional Especializado (AEE). A megaestrutura tem 12 salas de aulas, quadra poliesportiva coberta, biblioteca, laboratório multidisciplinar e informática, sala de vídeo, direção, secretaria, coordenação pedagógica, sala dos professores, sala de reuniões, arquivo, banheiros masculino e feminino, recreio coberto, espaços de convivência, além de equipamentos que propiciam a acessibilidade às Pessoas com Deficiência (PcDs), entre outros. 

“É um momento de felicidade. O antigo prédio da escola João Paulo I, aqui no município de Boa Vista, em Quatipuru, acabou sendo levado pelas erosões, pelas forças das águas. Isso fez com que essa comunidade, desde 2018, já tivesse uma escola interditada. Ao assumir o governo, tomamos a decisão de construir uma nova escola. Uma escola ampla, com qualidade, com tudo aquilo que é necessário para fazer a transformação com a educação. Hoje, o governo está entregando essa obra, podendo festejar com essa comunidade, a certeza que esse distrito terá nesta escola uma referência de formação e, acima de tudo, para que educação crianças e jovens possam escolher o seu futuro”, disse o governador do Pará Helder Barbalho, durante a entrega.

“Foi um sonho realizado. Agora a gente tem essa escola grande, com tudo coberto. Nem precisamos mais nos preocupar com a chuva na hora da saída. E essa quadra, que vamos poder intensificar o futebol, o vôlei. Só temos a agradecer com o que o governo do Pará deu para a gente aqui de Quatipuru. Representa muito”, disse emocionada a estudante Amanda Souza. 

Amanda SouzaFoto: Marco Santos / Ag. ParáAlém de Amanda, os professores e a equipe técnica-pedagógica também vão usufruir de um ambiente moderno, confortável e com toda a infraestrutura escolar necessária para o ensino. No total, mais de R$ 5,5 milhões provenientes do Tesouro Estadual foram investidos na construção destas novas instalações. A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio João Paulo I fica na Vila Boa Vista, distante à 10 km da área urbana do município.

“Um sonho de mais de 20 anos está sendo realizado neste dia. Uma estrutura admirável, com muita comodidade para os alunos e professores. O antigo prédio precisava de inúmeras melhorias, e está sendo desativado a partir hoje. A nível de estado, essa é a maior escola, não só da cidade de Quatipuru, mas também de toda a região. Houve um planejamento minucioso do governo do Estado, por meio da Seduc, para essa comunidade que tem cerca de 7 mil habitantes e um grande potencial. Que todos possamos juntos construir um futuro melhor para nossa comunidade”, disse o Diretor da Escola João Paulo I, professor João Batista da Silva. 

A professora aposentada Enedina Gomes, 78 anos, exercia suas atividades no antigo prédio e conta que ela e os colegas iam trabalhar com medo, por conta do risco de desabamento. “Sofríamos muito com as péssimas condições e pedíamos muito por uma escola como essa. O Pará é bastante extenso, muitos lugarejos precisam de melhoras e nós estamos sendo privilegiados com esse trabalho maravilhoso do governo. É o futuro do povo aqui de Boa Vista, de Quatipuru. Quero que os meus bisnetos estudem aqui”, assegura. 

Aluna do terceiro ano, Poliana Silva, 18 anos, estuda há oito anos na unidade de ensino e relata que, por estudar no turno da noite, era comum ficar dias sem aulas quando a maré enchia. “Não conseguíamos acessar a escola por conta da localização e atrapalhava muito o nosso aprendizado. A entrega do novo prédio vai melhorar em 100% a nossa vida. Vamos ter mais oportunidades, vamos ter acesso a uma sala de informática, laboratórios. Eu fico sem palavras porque era algo que sonhávamos há muito tempo. Gratidão ao Governo do Estado. Somos muito carentes desse olhar. Saio daqui com o sorriso no rosto”, diz.

O antigo prédio da Escola fica localizado às margens da baía do Japerica, e teve parte das salas destruídas por conta da ação da água, que avançou sobre a estrutura e apresentava risco à comunidade escolar.  “Esse é um município que tem muitos aspectos diferenciados. E estamos aqui para dialogar com a comunidade e trazer benefícios, como esse, uma escola linda, totalmente estruturada. É uma satisfação entregar essa escola para crianças, jovens e adultos. Essa é a nossa escola entregue de número 77. Nunca, na história desse Estado, se entregou tantas unidades escolares. Aqui são 12 salas de aula, e inúmeros espaços multidisciplinares. Eu quero agradecer a toda a equipe da Seduc, que incansavelmente, reafirmou um terreno sem nenhuma atribuição, a essa estrutura que só vem a somar com a comunidade”, disse a Secretária de Educação, Elieth de Fátima Braga. Por Evaldo Júnior (SEDUC)