Corpos de vítimas de acidente de helicóptero são analisados

0
66

Foram analisados na manhã desta segunda-feira (17) os corpos de Ramsés Vilhena de Medeiros, 28 anos, e Edson Marques Bueno, 46 anos, vítimas do acidente aéreo com o helicóptero modelo Robinson R44, que caiu na tarde de sábado (15), no município de Tracuateua, nordeste do Estado. De acordo com o Centro de Perícias Renato Chaves, ‘é impossível a identificação visual, pois [os corpos] estão reduzidos em fragmentos e órgãos’.

Foto: Reprodução (Jornal Tracuateua)Foto: Reprodução (Jornal Tracuateua)

Uma equipe de peritos médicos legistas e peritos odontólogos já coletou material biológico e impressão digital das vitimas, e irá tentar identificá-los primeiramente por meio de comparação digital. Caso a identificação não seja possível, uma segunda tentativa será realizada por meio da arcada dentária. Se esta segunda opção falhar, a identificação será feita através de DNA.

Os corpos devem ser liberados em um tempo estimado de 10 dias. As causas do acidente serão investigadas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa).

Por: Redação ORM News, com informações do CPC

Deixe uma Comentário: